Páginas

domingo, 26 de setembro de 2010

Gente grande não chora.

Tantos motivos na vida nós temos para nos comover, ficar tristes e felizes, magoados e plenamente satisfeitos e talvez estes tantos momentos venham carregados de lágrimas.
Mas quantas vezes você já ouviu dizer que gente grande não chora? Devo dizer, meu amigo, que lágrimas não são só para crianças e você está mais do que enganado em pensar desse modo. Choras ás vezes é bom, lava a alma, descarrega um pouco. É bem verdade que quando somos pequenos choramos muito mais e por motivos muito mais banais, mas quando crescemos é fácil descobrir que os olhos transbordam quando o coração está cheio.


Difícil pensar em despedir-se com aquela tão velha promessa do "nos vemos em breve", porque eu sei que não será tão breve assim e muitas coisas podem acontecer em sessenta dias. Devo admitir que já devia ter me acostumado com essas chegadas e partidas, afinal, já tem quase um ano que elas acontecem periodicamente, mas não me acostumei. Eu juro que tento não chorar, pensar positivo e por um sorriso no rosto quando sei que você está indo correr atrás das suas esperanças, dos seus sonhos, do seu tudo, o que me impede de sorrir é o fato de eu não estar inclusa nessa corrida desesperada por um lugar ao sol. E então, depois de todo esse maldito tempo, fui pra casa chorando mais uma vez, com o coração recheado de angústia, saudade e incerteza. Mas gente grande não chora e eu já devia estar no grupo adulto a algum tempo, ainda assim é difícil saber que entrar naquele ônibus era o mesmo que assinar um termo vitalício aceitando estar completamente sozinha no mundo dali para a frente. E é assim que é, é assim que sempre foi. Você longe, com as suas imensas aventuras na cidade grande e eu aqui, sozinha. Mas, meu amor, eu sei o quanto você precisa disso e sei também que não posso impedir que aconteça. Eu sou sua, você é do mundo e se eu te quiser como eu te quero, é melhor aceitar.
Então vá, viva seu sonho adolescente, faça tudo o que tiver vontade, mas não me machuque, vou estar aqui te esperando. Mais uma vez.

Nenhum comentário:

Postar um comentário