Páginas

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Garotos.

Cansei desse papinho furado de amor eterno e da parte melosa em "ter alguém que se importa com você" quando na verdade ninguém se importa!
Você acha que a droga do seu namorado é diferente de todos os outros, mas sinto muito informar, querida, TODOS ELES SÃO IGUAIS. E esse não é uma excessão! Ele vai te fazer se apaixonar por ele e se mostrar o mais gentil cavalheiro que você já conheceu para logo depois ficar com as suas vizinhas, suas amigas, suas inimigas e qualquer coisa que aparecer na frente dele. Com o tempo a máscara deles cai e a nossa vai escorrendo com as lágrimas.
Homens foram feitos para partir o coração de quantas meninas puderem na vida e isso sempre acontece e sempre vai acontecer. De que adianta tentar ser tão feliz com alguém que logicamente não se importa com você? Mesmo quando ele te olha nos olhos e põe uma mecha do seu cabelo atrás da orelha, ou quando ele te abraça forte e depois beija sua testa demoradamente e diz que te ama. Isso não vale de nada a partir do momento em que você vira as costas e passa a não existir mais para o seu principe encantado.
Mesmo que você AME ele desesperadamente, não se importe com mais nada no mundo a não ser com a felicidade do infeliz, abra mão de si mesma pra cuidar dele, nada disso importa, você - sozinha - nunca será suficiente.
Pode ser a namorada perfeita, linda, inteligente, interessante, carinhosa, engraçada, fiel, zelosa e o diabo a quatro, ele sempre vai encontrar alguma que tem algo que você não tem.
Desde sempre nós achamos os garotos uns idiotas, e são mesmo. A diferença é que isso não quer dizer que eles não amem, porque amam. Eles só não sabem o que fazer com isso.

domingo, 21 de novembro de 2010

Homofobia já era.


Somos considerados animais racionais, inteligentes e conscientes desde que evoluimos de macacos para seres capazes de fazer uma fogueira. Mas até onde vai essa racionalidade? Episódios como o da semana passada, quando cinco adolescentes - alguns da minha idade, inclusive - espancaram covardemente um garoto pelo simples fato de ele ser gay.
O que passa na mente de pessoas como essas? O que leva jovens em pleno século XXI a terem atitudes como tal?
Se Deus é contra o homossexualismo, então Ele também é contra o amor, e o amor é livre. Não escolhe cor, raça, idade ou sexo, ele simplesmente acontece.
Com tantas atrocidades acontecendo no mundo, tanta gente em situações deploráveis, por que então revoltar-se com algo tão natural?
Talvez alguns de nossos "racionais" ainda não tenham se dado conta de que já passou da hora de transcender nossos conceitos e ainda não tenham percebido a dimensão do amor entre duas pessoas do mesmo sexo que, acredito eu, é maior até do que o de um casal considerado "normal". Pois ele tem que passar por muito mais desafios, muito mais provações. Amar alguém considerado errado para você requer uma coragem irretocável, o que com certeza os torna muito mais homens do que cinco covardes tentando se provar melhores com uma lâmpada na mão.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Não basta

Nem tudo é como a gente quer. No entanto, isso não quer dizer que não é tudo que precisamos. Muitas vezes, essas coisas que a vida nos coloca pelo caminho são bem melhores do que a gente esperava. Veja bem, a hora mais bonita do dia é aquela em que o céu fica vermelho, e não azul. As mais belas noites são aquelas poucas em que a lua pega emprestada quase toda a luz do sol e a gente não precisa de lanterna pra caminhar. Exemplos não me faltam: a gente só ama o frio porque pode se envolver em mil casacos e cobertores, bem como agradecemos pelo escaldante sol de verão somente após mergulharmos num mar gelado. Eu posso não ser o que tu esperavas, mas a gente não escolhe o que quer sonhar quando coloca a cabeça no travesseiro.
E que atire a primeira pedra quem não gosta de sonhar aqui. Eu posso não ser o que tudo que tu precisavas, mas a gente vive e morre sem saber do que realmente precisamos. Eu posso não bastar. Então que baste o amor. Eu posso não ser um monte de coisas, mas tenho certeza de tudo aquilo que sou: um céu vermelho, uma noite de lua cheia, um cobertor e um banho de mar, e tudo o mais que tu quiseres viver junto de mim. 1 mês se foi. Enche teus pulmões, pois tu vais precisar de todo o ar que eles puderem conter.
(l.s)