Páginas

quinta-feira, 17 de maio de 2012

O mundo é mesmo um lugar injusto, passei tanto tempo esperando que os problemas e obstáculos do meu caminho de afastassem para que teus olhos mais lindos do mundo pudessem, finalmente, refletir os meus. Fiz planos, rompi barreiras, desarmei os inimigos e fiz das tripas coração para te manter vivo, te manter meu. E quando a tempestade passou e o céu se abriu sobre nossas cabeças o mais formoso arco-íris abençoou nosso amor, e todos os momentos em que fui feliz misturaram-se com o perfume dos teus beijos. Não houveram mais pesadelos que ameaçassem meu sono, pois todas as noites eu ouvia de ti "sonhe coisas boas", como uma mensagem subliminar dizendo "acalme seu coração, amanhã estarei aqui". As coisas ficaram ruins outra vez, mas agora é diferente, pois o baobá que plantaste em mim está mais firme, forte, nutrido e promissor do que nunca. Ainda que a decisão mais difícil da minha vida assombre meus pensamentos a cada segundo do meu dia, não há nada que me faça abrir mão do teu cheirinho de sono todas as manhãs. Não existe dor nesse mundo que o teu abraço não cure, que a tua praticidade não resolva. Trabalhaste em mim a menina mimada e insegura que queria mandar o mundo para o inferno só para atender aos próprios caprichos. Te esperando me ensinaste a ter paciência com a vida e na simplicidade das tuas escolhas mataste meu ego, despindo-me de pudor. Todos os dias eu penso que á muito percebi que sou eu quem não vai te deixar fazer nenhuma burrada nessa vida e que o equilíbrio do meu ser é Bento, como um cristal. Nós seremos felizes, por isso vem,conversemos através da alma, revelemos um para o outro o que é secreto aos olhos e ouvidos, sem mostrar os dentes sorri pra mim, como um botão de rosa. Olha nos meus olhos que eu digo que te amo, sem que ouças o som da minha voz.