Páginas

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Meu lindo
que saudade

Você era tão charmoso
(que saudade)
Era suave quando tocava o meu rosto
E me falava algumas bobagens

que saudade

Pretinho
(que  maldade)
Penso que tiveste uma única flor verdadeira
que era um (de)lírio, tulipa ou flor do maracujá
Mas nunca uma trepadeira

que maldade

Você era tão gostoso
Beijava meu corpo e tocava meu rosto
como nenhum outro qualquer

que saudade

Você era tão manhoso
Fazia bico e suspirava em meu entorno
Por motivos que não tem sentido

que saudade

Você tinha olhos verde azeitona
que vez ou outra me sentia dona
E por isso queria domar

que saudade

3 comentários:

  1. Olá! Eu não sei onde eu achei esse blog, mas tô há um tempo aqui lendo. Menina, você manda bem! Parabéns...

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Obrigada! ahahahahah
    Eu achava ue ninguém lia essas coisas...

    ResponderExcluir
  3. kkkk a internet é engraçada! meu aposentado blog tinha o maior numero de visitas vindo da Rússia! (????????) kkkk continua assim se expressando que você tem talento na escrita. falowwww irmã! beijos

    ResponderExcluir