Páginas

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Respeite-se


Respeito nunca foi regalia e sim artigo de primeira necessidade, principalmente quando se trata de respeito próprio. Entenda seus limites, procure perceber o quanto você suporta, respeite seu corpo, sua mente, sua alma. Só assim poderá perceber o quanto a vida te apetece.
Veja além do momento e aprenda a controlar seus instintos e, caso não consiga, tenha consideração por aqueles que souberam respeitar-se. Tudo na vida chega a um ponto, se você ultrapassa a barreira do poder com o seu querer, pode não dar certo. Dançe, sim. Viva, sim. Sinta, sim. Mas respeite-se. E respeite tudo e todos ao seu redor, respeite o mundo, respeite a natureza, respeite o que deve ser respeitado. Respeite o amigo, o inimigo, o amor e o ódio. Porque respeito é controle, e controle é essencial quando se está em outro planeta. Supere seus demônios com uma coisa chamada amor, porque cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.


Cosmos - 11/09/2010 - MUITO obrigada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário